Grey’s Anatomy 9×03: Love The One You’re With

Depois de duas semanas, tivemos um episódio que, ao que parece, finalmente, começará a desenvolver uma história para essa 9ª temporada.
Não, eu não vou dizer que estou com raiva de Shonda Rhimes, porque não estou. Senti muita raiva desde o último episódio da temporada passada, mas isso passa.
Aparentemente, a série está começando a sair do acidente. O plot central não será mais o que aconteceu naquele acidente de avião que nos tirou Lexie e Mark e nos deixou com uma Arizona Robbins vazia. A melhor forma de expressar essa mudança foi a cena entre Bailey e Webber, onde Bailey diz que seu filho soltou sua mão, viu um brinquedo e correu, sem olhar pra trás. Quer uma metáfora melhor que essa, para nos dizer que Grey’s Anatomy seguirá em frente, que o SGMWH seguirá em frente?
Sim, é difícil, mas, para quem já sobreviveu a tanta coisa…
Mas Shonda Rhimes não quer que a gente esqueça tudo o que aconteceu. Prova disso foi a recusa de Meredith, Derek, Callie e Owen quanto ao acordo proposto pela companhia aérea.
Finalmente, vimos uma reação de Arizona. Jessica Capshaw, sempre, foi uma ótima atriz, seja em participações, como em The L Word ou, claro, interpretando, Arizona Robbins. A atriz está conseguindo nos passar exatamente o que queremos: aquela emoção de ver um personagem sofrer, aquela vontade de pular na tela da TV e dizer que tudo vai ficar bem.
A melhor cena de Love The One You’re With foi a cena entre Callie e Arizona no banheiro. Calliope superou tudo isso, deu conta de tudo, se mostrou, completamente, essencial à série nestes dois últimos episódios e, enfim, vimos ela desabar. Realmente, a vida que Arizona não está aproveitando, também, é a vida da Torres e da pequena Sofia.
Derek não quis ficar de fora e nos presenteou com uma visita às peças do avião e com cenas do acidente.
Alguém imaginou que veria Christina tão vulnerável? A cardiologista, sequer, conseguiu tomar uma decisão quanto ao acordo. Vê-la conversando com o Dr. Thomas só mostra que a personagem amadurece a cada episódio. Meus parabéns, Sandra Oh.
Avery e Kepner, parem de frescura!
Os internos ainda não mostraram a que vieram. Vamos esperar para que tenham alguma importância.

Já está ansioso para o próximo episódio? Então, confere o que vai acontecer em I Saw Her Standing There: